Dossiê Literato | Dan Brown

Daniel Gerhard Brown, conhecido por assinar como Dan Brown, nasceu em Exeter, sudoeste da Inglaterra, no dia 22 de junho de 1964. Seu primeiro livro, Fortaleza Digital, foi publicado em 1998 nos Estados Unidos, e a este seguiram-se Ponto de Impacto e Anjos e Demônios, a primeira aventura protagonizada pelo simbologista de Harvard, Robert Langdon


Seu maior sucesso foi o polêmico best-seller O Código da Vinci, mas seus outros cinco livros também tiveram uma grande tiragem. Entre seus grandes feitos, está o de conseguir colocar seus quatro primeiros livros simultaneamente na lista de mais vendidos do The New York Times.


É o mais velho de três filhos. Sua mãe foi uma musicista profissional, tocando órgão na igreja. Seu pai ensinava matemática para o Ensino Médio na Phillips Exeter Academy, um colégio interno particular, e escreveu o didático best-seller matemático Advanced Mathematics: Precalculus with Discrete Mathematics and Data Analysis. Brown e seus irmãos literalmente foram criados na escola. Na maior parte, o ambiente social foi o cristão. Frequentou a escola dominical, cantando no coral da igreja, e passou seus verões no acampamento da igreja. Seu próprio estudo foi em escolas públicas, até se matricular em Phillips Exeter.

Após a graduação na Phillips Exeter, Brown entrou para o Amherst College, onde foi membro da Fraternidade Psi Upsilon, junto com o renomado autor Harlan Coben. Durante seu primeiro ano em Amherst, foi à Europa para estudar História da Arte na Universidade de Sevilha, Espanha, onde começou a estudar seriamente os trabalhos de Leonardo Da Vinci, que mais tarde teriam importância crucial em um de seus romances.


Nenhum comentário:

Postar um comentário