Resenha | A Bela e a Fera: Perdida em um Livro

Depois do estrondoso sucesso do livro A Bela e a Fera, que figurou entre os primeiros na lista de mais vendidos da revista Veja por mais de 15 semanas acompanhando o sucesso do filme, vem aí uma nova aventura da Disney.
Presa no castelo da Fera, Bela acostumou-se à sua nova casa e fez amizade com todos que ali viviam. Quando ela encontra Nunca Mais, um livro encantado diferente de qualquer outro que já havia visto no castelo, Bela se perde em suas páginas e é transportada para um mundo de glamour e intrigas. As aventuras que sempre imaginou, os sonhos dos quais foi forçada a desistir quando se tornou prisioneira, tudo parece estar ao seu alcance novamente.
Os encantadores e misteriosos personagens que ela encontra nas páginas desse livro lhe oferecem uma conversa agradável, uma vida deslumbrante, com todo o luxo parisiense e até mesmo permitem um encontro que ela nunca imaginou ser possível. Ali, Bela pode ter tudo o que sempre desejou, no entanto, algumas indagações permeiam essa aventura que beira a perfeição: será que Bela pode confiar nos novos companheiros que encontrou nas páginas de Nunca Mais? Esse mundo é mesmo real? E seus amigos que permaneceram no castelo da Fera, ela nunca mais os verá? Bela precisa responder todas essas questões e descobrir a verdade sobre o livro antes que se perca nele para sempre.

Título A Bela e a Fera: Perdida em um Livro | Autor (a) Jennifer Donnely
Editora Universo dos Livros (Livro cedido pela editora) | Páginas 304 | Ano 2017
Adicione Skoob
Compre Oferta Amazon


A Bela e  Fera: Perdida em um Livro é uma complementação do live-action e do livro homônimo da Universo dos Livros (resenha aqui). A história começa com as irmãs Amor, que colocou o feitiço na Fera com a esperança de que ela se tornasse uma pessoa melhor e que alguém quebrasse o feitiço, e Morte jogando xadrez. Amor está certa de que alguém aparecerá, e está mais certa ainda de que essa pessoa é Bela; já Morte torce para que isso não aconteça, e nesse momento decidem fazer uma aposta.


Morte, que detesta perder uma aposta, coloca um livro encantado na biblioteca da Fera, o qual permite a pessoa que o encontrar entrar em Nunca Mais e literalmente mergulhar em sua história. Bela o encontra e fica encantada com o refúgio e com as oportunidades que Nunca Mais lhe oferece, porém não percebe que está vivendo uma ilusão e que pode nunca mais sair dela.

Quando fiquei sabendo do lançamento deste livro fiquei encantada com a capa e ansiosíssima para lê-lo, porém fiquei um pouco decepcionada. Não sei se foi porque já estou saturada da história da Bela e a Fera, que já falei diversas vezes por aqui que é minha preferida, ou se a história realmente não é tão boa, ou se são ambas, o fato é que a história não me prendeu, apesar de a premissa ser muito boa, achei uma história um pouco arrastada, com os acontecimentos demorando para se desenrolarem. A parte boa é que neste livro podemos acompanhar melhor o relacionamento entre Bela e Fera.


Não é um livro ruim, mas como eu acompanho todas as adaptações, essa foi uma obra que não me surpreendeu, mas vale a leitura e conhecer uma nova perspectiva deste clássico.

JENNIFER DONNELY é escritora de livros para adultos e crianças.Escreveu romances históricos como O Chá do Amor e The Winter Rose, bem como Humble Pie, um livro ilustrado para crianças. Ela mora em Nova York, com seu marido, sua filha e dois cães da raça Greyhound.

DIAGRAMAÇÃO |
Páginas amarelas | Fonte média | Erros nenhum

2 comentários:

  1. Olá. Eu nem sabia que esse livro existia sabia? Mas de fato a capa dele está maravilhosa, eu amei! Eu acho que quando lemos algo sobre determinado tema demais acabamos ficando saturados e isso possa ter acontecido com a obra, o que é uma pena.
    Beijos
    http://www.suddenlythings.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,
      Eu acredito que vc não sabia, vi uma youtuber essa semana tb se surpreendendo com a existência dele tb em um vlog hahaha Não é? Dá vontade de comprar só pela capa!É que virou febre fazer releituras de clássicos, e se a história não for realmente cativante, cansa. Mas não deixe de conferir a minha resenha que já, já sai Quando a Bela Domou a Fera, também uma releitura do clássico, mas que diferente dessa história me surpreendeu!
      Beijos

      Excluir