RECEBA NOVIDADES

Envie seu e-mail


10 de abr de 2017

Você sabia? | 12 curiosidades que aprendemos com Pottermore

Hoje é dia de livro 9💬
Se você gosta de Harry Potter e é fanático pelo universo do bruxo, vai gostar bastante dessa postagem! O site Garotas Geeks compartilhou 12 curiosidades que aprendemos com Pottermore e olha só que maravilha, resolvemos compartilhar por aqui também! Confira:

Ministros da Magia controversos e revoluções
Antes de chegarmos ao universo de Harry Potter, muitos Ministros da Magia foram bem controversos, com políticas que fariam Aquele-Que-Não-Deve-Ser-Nomeado dar pulinhos de alegria. O terceiro Ministro, por exemplo, Perseus Parkinson, tentou tornar ilegal o casamento com trouxas.
Outros tiverem problemas sérios com revoluções: Basil Flack deixou o cargo quando lobisomens e goblins se uniram para tentar destroná-lo, e Albert Boot também teve problemas com goblins. E você sabia que Fudge seu a si mesmo a Ordem de Merlin: Primeira Classe quando estava em ofício? Isso sem contar o terror que causou na vida de Potter.


O Caldeirão Furado quase fechou
O pub bruxo é o mais antigo entre qualquer bar da Inglaterra, mesmo entre aqueles dos trouxas, e quase foi fechado por conta do Decreto de Segredo dos magos. Quando o Caldeirão foi criado, não existia a lei que impedia trouxas de conhecerem o mundo bruxo, e, assim, o pub era frequentado por todo o tipo de gente.
Quando a lei entrou em vigência, foram necessários diversos feitiços de memória e, dizem por aí, até o uso da maldição Império em alguns trouxas. Tudo isso aconteceu durante um discurso de sete horas do então Ministro da Magia Faris Spavin.


Ninguém mais sabe fazer Pó de Flu
Pó de Flu é um dos meios de viagens mais baratos entre os bruxos, e, por isso, largamente utilizado. Contudo, o único produtor do Pó, que ficava no Beco Diagonal não abre suas portas faz séculos. Criar o Pó é um segredo passado entre as gerações desde o século 13, e muitos bruxos que tentaram descobrir a receita acabaram no Hospital.
Como será que famílias bruxas vão se adaptar no futuro?


Harry Potter foi um dos primeiros bruxos a usar uma Firebolt
Sempre sortudo (além de rico, e de ter um padrinho rico também), Harry foi um dos primeiros bruxos a usar uma Firebolt. A vassoura fez parte de uma projeto ultrassecreto para revidar ao monopólio de mercado da marca Nimbus, mas apenas algumas são criadas por vez. A Firebolt ainda é uma das vassouras mais caras já feitas.
Assim, aquela vassoura que vimos na vitrine do Beco Diagonal, logo no começo do livro O Prisioneiro de Azkaban foi a primeira a ser apresentada ao público.


O Brasil participou de uma final de Quadribol… e nunca ganhou uma, ou ganhou?
Em 2014, o time de quadribol brasileiro enfrentou o da Bulgária na final da Copa do Mundo. O problema, para nós, é que no mesmo ano Viktor Krum saiu de sua aposentadoria para realizar o que nunca tinha conseguido fazer: dar um título à Bulgária. O ano era bem propício para isso, já que faziam exatamente 20 anos que Krum e seu time perdeu a final para a Irlanda.
Assim, a Bulgaria venceu o Brasil de 170 a 60, e Harry, Ron, Hermione, Neville, Ted Lupin e Luna estavam presentes durante o evento. Inclusive, o livro diz que o Brasil nunca venceu uma Copa do Mundo de Quadribol, mas o site diz que ganhamos cinco vezes.


Como o trem virou o meio de transporte oficial para Hogwarts
Antes de decretar segredo de sua sociedade para os trouxas, bruxos e bruxas podiam chegar a Hogwarts da maneira que bem entendiam: podiam voar em vassouras ou em cima de seus animais de estimação. Alguns tentavam aparatar, mesmo sabendo que é impossível fazer isso no terreno de Hogwarts.
Depois da lei, o Ministério da Magia declarou o uso de Chave de Portal como meio de transporte oficial para Hogwarts, mas muitos dos alunos acabaram doentes. Foi contemplado a possibilidade de Pó de Flu, mas deixada de lado por conta de riscos à segurança. Assim, o Ministro Ottaline Gambol mandou criar uma novidade: trens, mesmo que muitas famílias de puro sangue tenham odiado usar um transporte inventado pelos trouxas.


McGonagall quase foi da Corvinal
Não apenas a professora Minerva McGonagall quase foi enviada para a Corvinal pelo Chapéu Seletor, como o item mágico demorou mais de seis minutos para tomar sua decisão. Isso não é nada normal para o Chapéu Seletor, que pode até ficar em dúvida, mas raramente demora todo esse tempo.
De fato, houve apenas mais um acontecimento parecido com os personagens que conhecemos. O Chapéu quase colocou Pettigrew na Sonserina, e demorou seis minutos para sorteá-lo na Grifinória.


Umbridge é mestiça
Pois é: Umbridge pode até dizer que descende apenas das famílias mais nobres de bruxos, mas, claro, isso é uma mentira. Não apenas sua mãe é trouxa, como seu irmão é um aborto, e a bruxa tinha muita vergonha de sua família. Seu pai bruxo também não era o modelo de bruxo que Umbridge gostaria de ter: trabalhava com manutenção e era bem orgulhoso disso.
Ela ficou com o pai depois do divórcio, e sua mãe e irmão se perderam no mundo trouxa. Assim, ela conseguiu convencer alguns de que tinha sangue puro.


Porque Lupin virou um lobisomem: a história completa
A série nos conta que Lupin foi mordido por Fenrir Greyback, um dos lobisomens mais selvagens de seu tempo, ele tinha quatro anos quando aconteceu. Contudo, a mordida não teve nada a ver com Lupin, mas foi vingança contra o pai de Remo.
Lyall Lupin era um especialista em lidar com aparições e bichos-papão, e foi recrutado pelo Ministério para auxiliar no combate a Voldemort. Durante o julgamento de Greyback, Lyall disse que lobisomens eram cruéis e não mereciam nada além da morte. Greyback foi solto, e Lyall teve que lidar com sua crença sobre lobisomens para sempre.


Os antigos amores de McGonagall
Aos 18 anos, depois de sua graduação em Hogwarts, McGonagall se apaixonou por Dougal McGregor, o filho trouxa de um fazendeiro local. Ele propôs em casamento, e ela aceitou, em um primeiro momento, mas cancelou o casamento por conta a lei de segredo.
McGonagall descobriu alguns anos depois que McGregor foi assassinato por Comensais da Morte em um ataque à comunidade não mágica. Ela nunca se recuperou, mas eventualmente se casou com Elphinstone Urquart, com quem trabalhou junto no Ministério da Magia. Quando ele sucumbiu à doença, ela abandonou a sua casa em Hogsmeade e retornou para seu quarto em Hogwarts.


Potters e Dursleys: o primeiro encontro
Quando Dursley disse que amava Petunia e ficaria com ela, mesmo que ela tivesse uma irmã bizarra, ela o abraçou tão forte que ele derrubou seu almoço no chão. O primeiro encontro de Válter e Tiago foi bem conturbado: Tiago fez graça quando Válter perguntou que marca de carro ele usava, e comentou com detalhes como era sua vassoura de corrida.
O encontro acabou quando Tiago começou a descrever o banco bruxo: os Dursleys saíram correndo do restaurante, Lílian chegou a chorar pelo ocorrido. Válter nunca mais dirigiu a palavra a Tiago, nem no seu casamento. Os Dursleys não foram à celebração dos Potter. A última correspondência entre os casais foi sobre o nascimento de Harry, e Penunia jogou a carta fora.


Porque Harry não via os Testrálios antes da Ordem da Fênix
Harry começa a ver os Testrálios, os cavalos alados que só são visíveis àqueles que viram a morte de Hogwars depois da morte de Cedrico, mesmo sendo órfão e tendo presenciado o assassinato de sua mãe. A autora comentou que é necessário ter um entendimento emocional da morte para ver os Testrálios, e que Harry nunca realmente tinha compreendido a perda de sua mãe, por não a ter conhecido de verdade.
Mesmo com Cedrico, Harry não viu automaticamente as criaturas quando retornou a Hogwarts no final do ano letivo. Ele precisou de alguns meses para entender emocionalmente o que tinha acontecido. Luna, contudo, aceita a morte de uma forma mais natural, pois não tem medo do que vem depois. Assim, ela podia ver os Testrálios quase imediatamente após a morte da sua mãe.

9 comentários:

  1. Adorei o post apesar de não ser muito ligada nesse "universo HP", gostei de descobrir coisas novas e um dia (quem sabe) me interessar mais.

    ResponderExcluir
  2. Hahaha adorei esse post! Estou para começar A Ordem da Fênix e acabou me ajudando a construir mais esse universo.

    Abraço!
    http://lupiliteratus.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. eu conhecia apenas algumas dessas, fico maravilhada em saber que ainda tem tanta coisa a se descobrir do universo de harry potter
    http://dose-of-poetry.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá!!

    Mesmo querendo muito ficar acompanhando tudo o que acontece no Pottermore, faz anos que não visito o site. Fiz meu cadastro, mas depois disso nunca mais acessei e nunca interagi muito. Estava pensando esses dias de voltar, retomar ou fazer um novo cadastro, e dessa vez usar regularmente.

    ResponderExcluir
  5. Nunca li ou assisti Harry Potter. Me sinto sozinha no mundo kkkk, pq todo mundo ama esse bruxos e tal.
    Então, não tenho muito o que acrescentar. Me retiro (quase) em silêncio.
    Bjsss

    ResponderExcluir
  6. Oi. achei bem criativa a postagem, não sou uma profunda apreciadora de HP, mas se tiver com o livro em mãos leio e me divirto. Gente, amei essa informação do quadribol, nunca que sabia disso. Quer dizer, gostei de tudo.

    ResponderExcluir
  7. Gostei das curiosidades, vieram a acrescentar, mas nem todas são novidades.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. TOP esse post! Mas não sou muito ligado ao mundo Harry Potter, mas tenho grande admiração pelo que representa ao seu público e a cultura pop!

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Que post maravilhoso, mesmo eu não me ligando muito no mundo do Harry Potter eu amei descobrir todas as curiosidades. Como assim o Brasil já participou de um torneio de Quadribol? Fiquei mega impressionada e me vei vários cenários na cabeça.
    Amei o poste.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir


Copyright © 2014 | 2016, Hoje é dia de Livro
Versão 2.1 | Hoje é dia de Livro