RECEBA NOVIDADES

Envie seu e-mail


9 de out de 2016

OUTUBRO TREVOSO #06 | Pequenos perversos da literatura - parte I

Hoje é dia de livro 0💬
Outubro é o mês mais DARK do ano, o que nos faz lembrar de uma certa caveirosa trevosa editora. Pois muito bem, para celebrar mais um ano de DarkSide (a editora mais DARK do Brasil), e também o Halloween, apresentamos para vocês o OUTUBRO TREVOSO, que tem como objetivo apresentar um conteúdo diversificado (livros, filmes) relacionado com o literário obscuro da editora.

OUTUBRO TREVOSO #01 | Abra os arquivos sobrenaturais do casal Warren
OUTUBRO TREVOSO #02 | 5 livros psicopatas para esse Halloween
OUTUBRO TREVOSO #03 | Lar, doce lar, do horror

“A piedade não é natural ao homem. Crianças são sempre cruéis. Selvagens são sempre cruéis. A piedade é adquirida e aperfeiçoada pelo cultivo da razão.” – Dr. Samuel Johnson
Você já conhece alguns dos filhos trevosos da DarkSide
Se não, com essa postagem você passará a conhecer!

A editora é um exemplo na adoção desses pequenos perversos e acrescentando mais essa postagem ao OUTUBRO TREVOSO, especial do mês mais caveiroso do ano, convido você a embarcar e adentrar na mente desses pequenos psicopatas.


OUTUBRO TREVOSO #04 | The birds are coming!
OUTUBRO TREVOSO #05 | 5 curiosidades de Donnie Darko



Considerado um clássico moderno, eleito entre os cem romances mais importantes do século XX, nunca antes editado no Brasil. 

“Dois anos depois de matar Blyth, matei meu irmãozinho Paul, por motivos muito mais sérios e diferentes daqueles que eu tivera para acabar com o primeiro. Daí, um ano depois, foi a vez da minha priminha Esmeralda, por puro capricho. Esse é o placar até agora. Três. Não mato ninguém há anos, e não pretendo matar de novo. Foi só uma fase pela qual passei.”


Frank – um garoto de 16 anos bastante incomum – vive com seu pai em um vilarejo afastado, em uma ilha escocesa. A vida deles, para dizer o mínimo, não é nada convencional. A mãe de Frank os abandonou anos atrás; Eric, seu irmão mais velho, está confinado em um hospital psiquiátrico; e seu pai é um excêntrico sem tamanho.

Para aliviar suas angústias e frustrações, Frank começa a praticar estranhos atos de violência, criando bizarros rituais diários onde encontra algum alívio e consolo. Suas únicas tentativas de contato com o mundo exterior são Jamie, seu amigo anão, com quem bebe no pub local, e os animais que persegue ao redor da ilha.

Abandonado à própria sorte para observar a natureza e inventar sua própria teologia – a maneira do Robinson Crusoé de Daniel Defoe –, Frank desconhece a escola e o serviço social, já que seu pai acredita na educação “natural”, recomendada pelo filósofo do século XVIII Jean-Jacques Rousseau e

apresentada em seu romance Emílio, ou Da Educação (1762), que sugere que as crianças devem crescer entre as belezas da natureza, permitindo que elas se deleitem com a flora e a fauna. A natureza humana seria boa a princípio, mas corrompida pela civilização. Quando descobre que Eric fugiu do hospital, Frank tem que preparar o terreno para o inevitável retorno de seu irmão – um acontecimento que implode os mistérios do passado e vai mudar a vida de Frank por completo.


Narrado em primeira pessoa, sob o ponto de vista de Frank, a estreia literária do autor escocês Iain Banks polarizou a crítica e os leitores quando foi publicada pela primeira vez, em 1984. Sua obra foi tão aclamada quanto criticada, devido à sua macabra descrição da violência. Livro que evoca tanto O Senhor das Moscas (1954) como o Precisamos Falar sobre Kevin (2003), FÁBRICA DE VESPAS consegue produzir um olhar ao mesmo tempo bizarro, imaginativo, perturbador e repleto de humor negro do que se passa dentro da mente de uma criança psicopata.

Garanta sua ida a fábrica reservando já o seu exemplar clicando AQUI!


0 comentários:

Postar um comentário


Copyright © 2014 | 2016, Hoje é dia de Livro
Versão 2.1 | Hoje é dia de Livro