RECEBA NOVIDADES

Envie seu e-mail


15 de dez de 2015

Resenha | Mundo Sem Fim

Hoje é dia de livro 0💬
Livro Mundo Sem Fim (Parte I e Parte II)
Autor (a) Ken Follett
Editora Arqueiro
Páginas 1136
Ano 2015
Classificação 4/5
(COMPRE EM OFERTA)
(CONTEÚDOS ESPECIAIS)

Uma guerra que dura cem anos. Uma praga que devasta um continente. Uma rivalidade que pode destruir tudo. Na Inglaterra do século XIV, quatro crianças se esgueiram da multidão que sai da catedral de Kingsbridge e vão para a floresta. Lá, elas presenciam a morte de dois homens. Já adultas, suas vidas se unem numa trama feita de determinação, desejo, cobiça e retaliação. Elas verão a prosperidade e a fome, a peste e a guerra. Apesar disso, viverão sempre à sombra do inexplicável assassinato ocorrido naquele dia fatídico. Ken Follett encantou milhões de leitores com Os pilares da Terra, um épico magistral e envolvente com drama, guerra, paixão e conflitos familiares sobre a construção de uma catedral na Idade Média.Agora Mundo Sem Fim leva o leitor à Kingsbridge de dois séculos depois, quando homens, mulheres e crianças da cidade mais uma vez se digladiam com mudanças devastadoras no rumo da História.
●●●

Kenneth Martin Follett (Ken Follett) é um escritor britânico e autor de thrillers e romances históricos de grandes sucessos. Seu primeiro best seller foi "O Buraco da Agulha" (Eye of the Needle), vencedor do Edgar Award como melhor romance de 1978. O tema primordial de seus livros é a ação de espionagem e de guerra, com ritmo rápido e abundância de situações-clímax, que tende a prender até mesmo os leitores mais casuais. Seus livros regularmente dão origem a séries televisivas e filmes.

Em 1989 Ken Follett lançou o seu livro de maior sucesso, "Os Pilares da Terra" (The Pillars of the Earth) que foge à regra dos seus temas usuais, por se tratar de um romance histórico passado na idade média europeia. A obra ganhou uma sequência em 2007 com "Mundo Sem Fim" (World Without End).

Em "Mundo Sem Fim", os personagens do livro são descendentes dos de "Os Pilares da Terra" e a ação decorre na mesma cidade, Kingsbridge, mas cerca de 200 anos depois. A história começa quando quatro crianças (Merthin, Caris, Gwenda e Ralph) presenciam o assassinato de dois homens. Sem compreenderem o motivo do assassinato e tomadas pelo medo, ambas decidem fazer um voto de silêncio e nunca delatar o ocorrido ali a ninguém. Seguimos a partir de então, o desenrolar das vidas dessas quatro crianças pelas décadas seguintes.

Começamos com Merthin, um jovem rapaz que possui grandes habilidades para a marcenaria e que visa sempre a melhoria da vida do povo de Kingsbridge, porém, ao mesmo tempo ele também sofre com a resistência e o preconceito de alguns habitantes da cidade. Merthin, desde a infância, vive na sombra de seu irmão mais novo Ralph e nutre um grande amor por Caris, amor este que se coloca em prova quando vários empecilhos rompem em seu caminho. Caris por sua vez, se tornará uma jovem inteligente e determinada. Possui um coração bom e sempre está ao lado de sua amiga Gwenda, a ajudando sempre que necessário. Caris não aceita a submissão e inferioridade da mulher, e visa e trabalha para mudar esse tabu. Já Gwenda é de uma família muito desprovida e enfrenta muitas dificuldades desde a infância, principalmente em relação ao seu pai, que a explora de todas as maneiras possíveis. Desejando apenas ser feliz com que ama, ela lutará para mudar sua situação e alcançar seus sonhos. E por fim Ralph, um rapaz de caráter hediondo e ganancioso, desejando sempre ser parte da nobreza a qualquer custo, não se limitando em fazer o que estiver ao seu alcance para conseguir o que deseja.

"Mundo Sem Fim" possui também seus antagonistas marcantes, como Godwyn, primo de Caris. Um rapaz que almeja a todo custo ser o padre prior de Kingsbridge e utilizará de todos os métodos e meios possíveis para conseguir o que quer. Além disso, conhecemos vários outros personagens com suas típicas e marcantes características da época, como reis, freiras, comerciantes, condes e até mesmo determinados habitantes do condado de Kingsbridge, que juntos se tornam elementos importes para uma agradável e interessante história.

Ken Follett destaca bem em sua obra as severas práticas ambientadas na época da estória e com grande maestria aborda temas pouco explorados e na maioria das vezes, até censurados sobre a sociedade medieval e a igreja. Em determinado ponto da história, a peste negra é abordada de forma a mostrar como afetará a população de todas as formas possíveis, colocando em prova os costumes e principalmente as crenças religiosas.

"Mundo Sem Fim" é um livro amplo, com uma escrita rica em detalhes, tendo, em minha opinião, como único ponto negativo o "travamento" da leitura em alguns trechos. A espiritualidade, as guerras e o poder absoluto da igreja são alguns dos pontos cruciais da história, através deles, conhecemos o que há de melhor e pior na índole do ser humano. Recomendo muito a leitura da obra, especialmente para quem possui interesse ou curiosidade pela Idade Média. É uma leitura emocionante e singular! Vale lembrar que o livro também já foi adaptado para uma série televisiva.

0 comentários:

Postar um comentário


Copyright © 2014 | 2016, Hoje é dia de Livro
Versão 2.1 | Hoje é dia de Livro